SEJAM BEM - VINDOS!!

SEJAM BEM - VINDOS!!















quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Natal, comemorar ou não?????

Chega essa época do ano e muitos pagãos entram no dilema Comemorar ou não o Natal. Seja porque tem filhos pequenos, porque vêm de uma família cristã que comemora e faz questão da presença de todos na comemoração, os pagãos acabam entrando em um dilema que gera muitas discussões: Como vou comemorar o nascimento de Cristo, se não sou cristão? Como fugir dessa festa (que a maioria das pessoas gostam)?
Será realmente necessário “fugir” dessa comemoração? Porque não conseguimos adaptar a festa em nosso coração e aproveitar a egrégora de amor e paz que é gerada no mundo inteiro? Será que precisamos ser radicais a ponto de não aceitar a festa de outra religião? Não queremos que nos aceitem e nos respeitem como somos? A maior parte dos pagãos atuais, se tornou pagão em família cristã, que comemorava o Natal e, de uma hora para a outra, resolve privar a família de sua companhia em uma data que para eles é muito importante. E as coitadas das crianças...? Vêem Papai Noel em todos os cantos, ouvem falar de Natal o dia todo na tv e chega na tão esperada noite e nem uma comemoração? É muito difícil para uma criança entender que essa comemoração já foi feita em outra época do ano com outro significado e com outro nome. Eles sabem que os amigos ganham presentes e ele não?
Aí, chega ao final de dezembro e todos comemoram o final do ano e a entrada do ano novo, mas... O Ano novo não entra só em Março? (falo do ano novo astrológico que a maioria dos bruxos que conheço comemora, fazem pedidos e rituais.) Por que pode comemorar o ano novo e não pode comemorar o natal? Questão de religião? Será?
Será que não estamos sendo intolerantes ou radicais demais? Não vamos conseguir mudar as comemorações das datas cristãs.Estamos vivendo uma época de transição onde estamos tentando adaptar o mundo à nossa religião. Não acho que devemos parar e simplesmente aceitar tudo calado como foi feito até agora, mas também não podemos fazer com eles o que fizeram com a gente quando nos sufocaram e nos queimavam em fogueiras para nos silenciar...
Hoje podemos falar, temos uma lei que nos protege (será?), nos dá direito à liberdade de culto e isso já é uma grande coisa. Devemos sim continuar a lutar para que nossa religião seja reconhecida e respeitada, mas temos que ser sensatos e não podemos partir para o radicalismo. Por que não fazer sua mãe feliz participando da ceia? Você não precisa rezar junto, não precisa entregar presentes com o simbolismo cristão, mas nós sabemos que essa data foi criada por causa de um grande festival pagão... Por que então não comemorar Litha? Estarão todos reunidos, felizes, comendo, bebendo e celebrando; cada um o que se passa em seu coração: uns o nascimento de Cristo (não foi em março???) e outros, comemoram Litha, todos juntos em uma festa só, mas em uma egrégora de amor e paz...Adianta brigar por causa de religião? Ser bruxo não é antes de tudo respeitar a vida, a escolha e a diversidade das pessoas?
Texto publicado no Pan dea

O Natal das Bruxas!

O Natal das Bruxas!

Cernnunos: Deus da fertilidade
Júlia Cleto, 39 anos - ou melhor, Gwinda -, que segue a tradição pagã, conta que os bruxos de todo o mundo fazem comemorações especiais no dia 24. No hemisfério norte é comemorado o solstício de inverno, e no sul o solstício de verão. No caso de seu coven (grupos de bruxos que praticam rituais juntos), eles comemoram o sabba Yuli, que é conhecido como o festival do renascimento do sol. "No hemisfério norte, ele corresponde à noite mais longa do ano e marca a época em que os dias começam a aumentar e a escuridão começa a diminuir". De acordo com a mitologia celta, essa noite marca "a glorificação do aspecto de Cernunnos, o deus da fertilidade, paz e prosperidade, que nasce nessa época", diz ela.


Durante o ritual, as bruxas trocam presentes “sagrados”, ou seja objetos, roupas, acessórios que elas não usam mais. “A gente põe tudo no chão e as pessoas são atraídas pelos objetos”.


Na realidade, muitos seguidores da tradição da bruxaria dizem que o Natal, do jeito como é comemorado hoje, seria resultado da absorção das festas pagãs, vinculadas ao ciclo da natureza - já que esta comemoração do nascimento do rei Cernnunos tem aspectos muito parecidos com o Natal. Ao que parece, fazia parte dos ritos camponeses e pagãos enfeitar uma árvore nesta época do ano para celebrar a história de uma deusa virgem, que foi inseminada por um deus-pai e que gera uma criança que deverá trazer luz ao mundo, perto do dia 25 de dezembro


Antes mesmo de incorporar algumas das tradições da mitologia celta, o cristianismo, adotado como religião oficial pelo império romano no século IV, pode ter feito a celebração do nascimento de Jesus Cristo ocorrer nessa época de modo a tomar o lugar da Saturnália romana, outro rito de adoração ao sol que ocorria de 17 a 24 de dezembro.


Fonte:www.terra.com.br/planetanaweb

10 sugestões… Básicas da bruxa Feliz…

10 sugestões… Básicas da bruxa Feliz…

1°Não se preocupe
De todas as atividades humanas, preocupar-se, é a menos produtiva.
2° Não se deixe dominar pelo medo
A maior parte das coisas que tememos nunca acontecem.
3° Não guarde rancor
Ele é uma das cargas mais pesadas da vida.
4° Enfrente um problema de cada vez
Seja como for, só poderá tratá-los um por um.
5° Não leve os problemas para a cama
São maus companheiros do sono.
6° Não compre os problemas dos outros
Eles podem lidar com eles melhor do que você.
7° Não reviva o passado
Ele já passou. Concentre-se no que se passa na tua vida e seja feliz agora.
8° Seja um bom ouvinte
Só quando escutar, obterás idéias diferentes das tuas.
9°Não se deixe abater pela frustração
A autocompaixão só interfere com as ações positivas.
10°Contabilize todas as coisas boas
Mas não esqueça as pequenas. Muitas coisas boas pequenas, fazem uma grande.
By M.Z.