SEJAM BEM - VINDOS!!

SEJAM BEM - VINDOS!!















quinta-feira, 11 de novembro de 2010

poesia

DUENDES

Andam duendes à solta

Nalguns caminhos 'scondidos,

Só quem apura os sentidos

Pode senti-los à volta.

Ouvem, alguns, gargalhadas,

Outros só ouvem gemidos,

Nesses atalhos seguidos

Em noites mais estreladas.



É nesse mundo risonho,

Sem um temor desmedido,

Que cause dor, ou revolta,

Que, quem viveu um tal sonho,

Se mostra mais convencido

Que andam duentes à solta.



Vítor Cintra

do livro: Pedaços do Meu Sentir